R.I.P. Solitario George (c.1910-2012)

O fim de um símbolo da conservação nas Galápagos, Equador. A tartaruga-gigante George Solitário era o último indivíduo da sub-espécie Chelonoidis nigra abingdoni. Morreu ontem de causas desconhecidas. Tinha mais de 100 anos e poderia chegar aos 200 anos. Os esforços para o cruzar com uma fêmea proveniente de uma ilha próxima falharam. “O seu legado será um maior esforço e mais investigação para restaurar as populações de tartarugas gigantes na Ilha Pinta e nas outras ilhas do arquipélago das Galápagos”, Informou a direcção do Parque Nacional das Galápagos.