A oportunista Árvore de Natal australiana

Não é do tipo de se levar para casa e enfeitar, mas chama-se árvore-de-Natal-australiana-ocidental (Western Australian Christmas Tree) – Nuytsia floribunda. O nome deve-o ao facto de ser endémica da Austrália Ocidental e de florescer no início do Verão, o que, nesta parte do mundo, equivale ao período natalício.

Nuytsia floribunda 1

Continue reading

O que dizem as asas da Argus-do-prado?

Argus era um gigante com 100 olhos. Os 8 “olhos” azuis nas asas da borboleta Argus-do-prado (Meadow Argus) – Junonia villida – foram suficientes para o baptismo que evoca o monstro da mitologia grega. Ao imitarem olhos, as pintas da borboleta servem dois propósitos: assustar potenciais predadores e, caso artimanha não resulte, levar estes a “atacarem” os olhos, permitindo à borboleta escapar com o mínimo possível de danos no corpo. Já a posição das asas revela o estado de espírito da borboleta:

meadow argus

– Abertas – se o Sol brilha e ela está relaxada

– Completamente bertas – se o Sol brilha e ela pressente perigo (os “olhos” ficam totalmente visíveis)

– Fechadas – se não há Sol

– Levantadas – se não há Sol e pressente perigo (revela alguns dos seus “olhos”)

Cacatua-preta de Carnaby: “casa centenária precisa-se!”

A imponente Cacatua-preta de Carnaby (Carnaby’s Black-cockatoo) – Calyptorhynchus latirostris – existe apenas no Sul da Austrália Ocidental e está ameaçada. A principal causa do declínio da população é a desflorestação e a consequente perda de habitat que, na prática, compromete dois factores essenciais à sobrevivência da espécie.

carnabys black-cockatoo 1

Continue reading