Uma pausa com Miguel Torga

Mais um excerto do livro Barcos – Mar de Imagens e Palavras, à venda aqui.

“Foram então as ânsias e os pinhais

 Transformados em frágeis caravelas

 Que partiam guiadas por sinais

 Duma agulha inquieta como elas”

 Miguel Torga, A largada, em Poemas Ibéricos (1965).

nau (768x1024)

Duas pausas com “O Velho e o Mar”

barcos capaNo livro Barcos – Mar de imagens e de palavras 

a praia da Ilha Deserta, em Faro,

e a do Meco, em Sesimbra, ilustram dois excertos de

O Velho e o Mar, de Ernest Hemingway. Ei-los:

 

“Estendeu a mão para a linha, e segurou-a delicadamente entre o polegar e o indicador da mão direita”
ilha de faro

Continue reading

Uma pausa com Lin Pardey

barcos capaLamentavelmente, há duas falhas na impressão do livro Barcos – Mar de Imagens e Palavras. Uma é a numeração das páginas: “fugiu”. Outra é a legenda da imagem da página 25 (ou seja, 8.ª página do capítulo “Faina”): também “fugiu”. Em jeito de pedido de desculpas aqui fica a imagem (captada na Trafaria, Almada) e o texto que a acompanha, retirado de Bull Canyon: A Boatbuilder, a Writer and Other Wildlife (2011), da autoria de Lin Pardey.

“Cresci a ponderar cada compra comparando-a com a quantidade de parafusos de bronze que poderia adquirir para o barco se não a fizesse”                                 “I grew to judge every purchase by how many bronze screws I could buy for the boat if I didn’t spend on this or made do without that”)

barcos_trafaria

Avieiros: história e preservação da memória

O saveiro era um dos barcos que tinha de entrar no livro “Barcos – Mar de Imagens e Palavras”. (re)Descobri-o quando escrevi uma reportagem sobre os avieiros do Tejo. Em baixo encontra o texto integral, que foi publicado em 2009 na revista Gingko. Desta vez ilustram-no fotografias que tirei na aldeia da Palhota.

palhota 0

Continue reading