Balanço 2013 – A nova casa do Andanças

Este ano o Andanças mudou-se para Castelo de Vide. Já opinei sobre o espaço novo e já referi as várias razões (além da música e da dança) para gostar deste festival. Entre elas,  contam-se o contacto com Natureza e a interacção com outros. A foto em baixo traduz estas duas virtudes. A desconhecida que lê sentada dentro de água teve a amabilidade e a paciência de se deixar fotografar.

Andanças 2013, Castelo de Vide

“Chapéus” – nova galeria em “Perspectivas”

A diversidade reconforta. A variedade de espécies indicia ecossistemas saudáveis; a de culturas agrícolas previne o desenvolvimento de pragas; a de ideias promove a justiça…

Como já referi, o festival Andanças é também uma celebração da diferença: de idades, músicas e danças, mas também de estilos. Confirme-o, espreitando a nova galeria – “Chapéus”, em Perspectivas.

Andanças 2013: Festa na Floresta

Estranhar a mudança é humano. O novo local do Andanças e a inevitável comparação com Carvalhais, S. Pedro do Sul, foi tema de muitas conversas no recinto do festival, junto à barragem de Póvoa e Meadas, Castelo de Vide. Veredicto? Ambos os locais têm prós e contras, mas a decoração nocturna do novo espaço acrescenta uma dimensão quase mágica ao evento. Mas há outras razões para enaltecer a opção Castelo de Vide.

Continue reading

Esculpir com motosserra (Andanças 2013)

Parece impossível que os contornos delicados daquelas belas figuras de animais e de humanos extraídos da madeira resultem de algo tão rude como uma motosserra.

No entanto, é mesmo isso que acontece, ali bem à frente dos nossos olhos, graças ao talento de Nelson Ramos, 40 anos, entalhador e escultor de madeira.

Peça de Nelson Ramos. Andanças, Castelo de Vide (Agosto de 2013)

Continue reading

“Refrescar” – Andanças 2013 (nova galeria)

Espreite a nova galeria – “Refrescar” – em Perspectivas.

Há quem abra a boca para se refrescar. Os humanos têm várias estratégias: usam menos roupa; ligam ventoinhas e ar condicionado; comem gelados e ingerem bebidas frescas; e vão a banhos – na praia, no rio, na piscina ou, neste caso, no jacto de uma mangueira.

Festival Andanças, Agosto de 2013, Castelo de Vide

(Nota: Se algum dos “refrescados” quiser que retire a sua foto basta contactar-me)

Andanças 2013 – um pequeno contributo

Regressei do Andanças com alguns momentos, histórias e paisagens para partilhar. Para já, agradeço à equipa que faz o jornal do festival a oportunidade que me deu para publicar uma fotografia nessa publicação e, assim, ter o prazer de contribuir para a grande festa que é o Andanças.

Eis a foto original:

Festival Andanças 2013, Barragem de Póvoa e Meadas, Castelo de Vide

Recordar o Solstício e rumar ao Andanças

Começa amanhã (19 de Agosto) e prolonga-se até Domingo (25 de Agosto) o maior festival realizado no nosso país de danças e músicas tradicionais de todo o mundo. Nesta 18ª edição o Andanças mudou de morada: deixou as belas paisagens de Carvalhais, S. Pedro do Sul, e rumou ao Alentejo, à convidativa região de Castelo de Vide, junto à barragem de Póvoa e Meadas.

Festival do Solstício, Santa Clara-a-Velha (Junho de 2013)

Continue reading