Kátia, parabéns!!! Toma o teu Alentejo…

A Kátia, minha irmã mais velha, faz anos hoje. Alentejana adoptiva, há muito que se deixou seduzir por esta região de paredes caiadas, pintalgadas aqui e ali pelas cores da paisagem: o amarelo das imensas searas; o vermelho do pôr-do-sol; o verde das azinheiras e dos sobreiros. Em jeito de prenda aqui ficam algumas imagens de, como diria o outro, “essa bela localidade”.

alentejo 1

Continue reading

Obviamente Alentejo!

Ainda soudo tempo da moda de criar avestruzes em Portugal, negócio que prometia ser autêntica galinha dos ovos de ouro. Sim, porque no bicho tudo se aproveitava:
carne, penas e ovos que alimentavam famílias inteiras. Os bifes não eram maus –
um bocado rijinhos -, mas, pelo que vejo, lá foram desaparecendo das
prateleiras dos supermercados. Certo é que a imagem de uma avestruz a
“galopar” livre num qualquer montado alentejano era, e é,
desconcertante.avestruz 1 Continue reading