Para que serve o Preto e Branco na Natureza?

Se tem conta no Facebook provavelmente já se deparou com um convite para um desafio para diariamente, e ao longo de uma semana, colocar um post sobre um determinado tema. O desafio mais recente apela à publicação de fotografias a preto e branco. Desafiado, aldrabei ligeiramente as regras e publiquei de uma só vez 7 fotos de aves com apenas dois tons: preto e branco. Foram 7 mas podiam ter sido muitas mais.

Entretanto, pensei: para que serve o preto e branco na Natureza? Seria engraçado se houvesse uma resposta no âmbito da economia evolutiva, tipo: para os animais, produzir coberturas a preto e branco é mais “barato” que a cor, como as fotocópias. Ou então, no âmbito da antiguidade, tipo: o preto e branco é mais primitivo do que a cor, como as televisões. Mas não.

A verdade é que não se sabe para que serve o preto e branco. Tim Caro, professor de Biologia na Universidade da Califórnia em Davies, é o investigador que descobriu que as riscas da zebra servem para afugentar moscas, e assim evitar picadas, e que o padrão do panda tem várias funções: as partes brancas servem para camuflagem na neve; as orelhas pretas servem para indicar que o animal é perigoso e/ou agressivo; os olhos servem para identificação intra-específica ou para indicar agressividade.

Neste artigo, Caro resume o conhecimento actual sobre o assunto e conclui que o reconhecimento intra-específico e a indicação de que o animal é perigoso são as duas principais razões para padrões a preto e branco. Por outro lado, descarta explicações como sinalização de dominância ou regulação da temperatura do corpo.

Related posts / Posts relacionados:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *