Convento dos Capuchos: entre o despojo e a Natureza

“De todos os meus reinos, há dois lugares que muito estimo, o Escorial por tão rico e o Convento de Santa Cruz por tão pobre”.

Filipe I de Portugal

Fundado em 1560, o Convento de Santa Cruz, em Sintra, ficou popularmente conhecido como Convento dos Capuchos devido à indumentária – a capucha (lembra-se do capuz-de-frade?) – usada pelos frades franciscanos que o habitavam.

convento dos capuchos 1

A “pobreza” que impressionou Filipe I está bem patente na minúscula dimensão dos quartos dos frades, onde era impossível dormir esticado e muito menos ficar em pé. À primeira vista haveria um quarto menos desconfortável: mais amplo e com uma longa cama de pedra. Afinal, não. Era o refeitório, e a “cama” – uma comprida laje de pedra – era a mesa, oferecida por D. Henrique.

convento dos capuchos 2 convento dos capuchos 3

Outra particularidade deste convento é o facto de paredes, portas e janelas estarem revestidas por cortiça, maneira que os frades encontraram para proteger o edifício do frio da serra de Sintra. O inglês William Beckford notou neste detalhe aquando da sua visita em 1787 e, mais tarde, referiu-se ao local como “Convento da Cortiça”, nome pelo qual o Convento dos Capuchos também é conhecido.

convento dos capuchos 4 convento dos capuchos 5 convento dos capuchos 6

Os frades adoravam Deus através da sua suposta obra: a Natureza. Assim, a construção do Convento fez-se em harmonia com a Natureza, incorporando os enormes blocos de granito na estrutura dos edifícios e preservando a vegetação da encosta.

convento dos capuchos 7 convento dos capuchos 8 convento dos capuchos 9 convento dos capuchos a 10 convento dos capuchos a 11 convento dos capuchos a 12 convento dos capuchos a 13 convento dos capuchos a 14 convento dos capuchos a 15 convento dos capuchos a 16 convento dos capuchos a 17 convento dos capuchos a 18 convento dos capuchos a 19

No Terreiro do Sino, os dois caminhos que ladeiam a cruz – que está no cimo de um monte de pedras – simbolizam o livre-arbítrio.

convento dos capuchos b 20 convento dos capuchos b 21 convento dos capuchos b 22

Related posts / Posts relacionados:

2 thoughts on “Convento dos Capuchos: entre o despojo e a Natureza

Comments are closed.