Ervilha do Deserto – o símbolo da Austrália do Sul

Formosa de aspecto e de “apelido”, a ervilha-do-deserto-de-Sturt (Sturt’s Desert Pea) – Swainsona formosa – destaca-se pelo vermelho vivo das pétalas, que contrasta com o centro preto.

sturt's desert pea 1 (683x1024)

O deserto de Sturt fica no Norte da Austrália do Sul, mas a planta existe em regiões áridas de toda a Austrália, excepto no Estado de Victoria. No entanto, é na Austrália do Sul que a Ervilha-do-deserto é mais acarinhada. Além de figurar no brasão, a espécie é protegida – ainda que não esteja ameaçada – e necessita-se de licença para colhê-la na Natureza.

sturt's desert pea 2 (1024x683)

desert pea

Como adaptação à vida no deserto as sementes resistem à secura durante vários anos, até que encontrem condições favoráveis para germinar.

sturt's desert pea 3 (683x1024) sturt's desert pea 4 (1024x683)

Por falar em sementes, a Swainsona formosa é uma das plantas com lugar reservado no Banco de Sementes dos Jardins Botânicos de Kew, no Reino Unido.

sturt's desert pea 5 (1024x682)

A flor mede cerca de 9 centímetros.

sturt's desert pea 6

Related posts / Posts relacionados: