A melhor prenda

No início de Julho fui à praia com duas amigas. Uma delas, a Leonor, tem 5 anos e é, tanto quanto sei, a leitora mais nova da Arca. Na altura, essa ida originou um post onde se vê o balde da Leonor cheio de paguros (ou caranguejos-ermitas) que apanhámos e, mais tarde, devolvemos ao mar. No fim de semana passado reencontrámo-nos. Já sabia que ela tinha uma prenda para mim, mas não sabia o que era. Foi isto:

Na altura de escolher a prenda, a mãe da Leonor ainda sugeriu uma medusa. “Não, tem de ser um caranguejo-ermita”, respondeu a Leonor. Não consigo imaginar uma prenda mais especial, tanto mais que veio acompanhada de este sorriso:

Related posts / Posts relacionados: