Quercus organiza 1º Concurso de Fotografia de Natureza

As inscrições para o 1.º Concurso Nacional de Fotografia da Quercus decorrem de 1 de Junho a 20 de Agosto. Não ter máquina fotográfica não é desculpa para não participar: uma das categorias é “Fotografias obtidas com telemóvel”. E o que não faltam são motivos para fotografar, como esta borboleta – Almirante-vermelho (Vanessa atalanta) – que encontrei a semana passada em Monsanto e que é bastante comum nos jardins das cidades. 

Almirante-vermelho (Vanessa atalanta), Monsanto, Lisboa

Continue reading

Mia Couto vence Prémio Camões

Parabéns ao biólogo e escritor moçambicano Mia Couto, que venceu o prestigiado Prémio Camões 2013, no valor de 100 mil euros, pela “vasta obra ficcional caracterizada pela inovação estilística e a profunda humanidade”, disse José Carlos Vasconcelos, um dos jurados, à agência Lusa.

Recupero parte de um artigo intitulado “A Natureza não tem pequenos” que Mia Couto escreveu para a revista M de Moçambique (a propósito do Parque Nacional da Gorongosa):

Mia Couto. Foto: Editorial Caminho

Continue reading

Onde estão os “Wallys”?

Em Novembro referi que, tal como acontece com o periquito-de-colar, é improvável que o exótico periquitão-de-cabeça-azul (Aratinga acuticaudata) não se reproduza em Portugal. Na altura apenas encontrei um indivíduo desta espécie no Parque das Conchas, em Lisboa. Em Fevereiro deste ano tirei a foto em baixo – quantos periquitões consegue descobrir?

Periquitão-de-cabeça-azul (Aratinga acuticaudata), Parque das Conchas, Lisboa

Continue reading

Dia Verde – 26 de Maio, Lisboa

No Domingo, das 15h às 20h, os jardins do Museu da Electricidade recebem mais um Dia Verde, evento dedicado ao ambiente e a um estilo de vida mais sustentável. Todas as actividades e workshops desta iniciativa do Verde Movimento e da Câmara Municipal de Lisboa são gratuitos. Inscrições e programa aqui.

Continue reading

“Melanargia occitanica”: a borboleta conhecida por… borboleta

Os britânicos chamam-lhe Western Marbled White, os espanhóis Medioluto herrumbrosa e os franceses Échiquier de l’Occitanie. Por cá a Melanargia occitanica – tanto quanto sei – tem como nome comum “Borboleta”. Esta espécie ameaçada existe em prados de Espanha, França, Norte de África e Portugal (de Setúbal até ao Norte do País).

Melanargia occitanica, Cabo Espichel, Sesimbra

Continue reading

Dia Internacional da Biodiversidade

“Mas por muitas que sejam as maneiras de estar vivo, há certamente muito mais maneiras de estar morto, ou melhor, de não estar vivo”.

Richard Dawkins, em O Relojoeiro cego (1986).

As espécies que hoje existem são o resultado de milhões de anos de evolução. Os seus antepassados sobreviveram a alterações ambientais, como as provocadas pela queda de meteoritos ou pelas glaciações, e também por isso merecem a nossa admiração. Pelo caminho ficaram inúmeras espécies que não conseguiram adaptar-se e deixar descendência.

Garça-real, Silves

Continue reading

Abetarda (Selos – Espanha)

Abetarda (Otis tarda), Espanha, 1971.

A abetarda (Otis tarda) é a maior ave voadora da Europa. O macho tem 1 metro de comprimento, 2,3 metros de envergadura e pesa até 16 quilos. A fêmea tem plumagem menos vistosa e é mais pequena: mede até 80 centímetros de comprimento, 1,8 metros de envergadura e pesa cerca de 5 quilos. Por cá a espécie existe nas estepes cerealíferas de Castro Verde, Cuba, Cabo Maior, Elvas e Mourão.

Continue reading

Alfinetes-das-areias e a difícil vida na praia

A vida das plantas no litoral não é fácil, mas algumas adaptações permitem-lhes sobreviver num ambiente agreste e sempre em transformação. Por exemplo, os alfinetes-das-areias (Silene littorea), espécie nativa da Península Ibérica e do Noroeste de Marrocos, possuem “sistemas radiculares superficiais de forma a recolher de imediato a água que chega ao solo e a condensação do vapor de água durante as épocas de maior secura” e “para diminuir a transpiração possuem folhas de reduzidas dimensões”, explica José Carlos Costa, do Instituto Superior de Agronomia, num artigo de 2001.

Alfinetes-das-areias (Silene littorea), Praia das Bicas, Sesimbra

Continue reading

VIII Festival Internacional da Máscara Ibérica

De musgo ou de papel, de lata ou de cortiça, de lã ou com ossadas de animais, muitas foram as máscaras tradicionais ibéricas que percorreram a Rua do Ouro, em Lisboa, no dia 11 de Maio. A iniciativa fez parte do VIII Festival Máscara Ibérica, de 9 a 12 de Maio, evento de promoção turística que também incluiu concertos, mostra gastronómica e de artesanato.

Continue reading

Dia Mundial das Aves Migradoras (11-12 Maio)

Criado em 2006, o Dia Mundial das Aves Migradoras celebra-se no segundo fim-de-semana de Maio com o intuito de sensibilizar para a importância de proteger estas espécies e os seus habitats. Assim, várias actividades realizam-se um pouco por todo o mundo – para conhecer as propostas em Portugal visite o site do World Migratory Bird Day. 

Continue reading