Orquídea-gigante

O nome faz sentido no universo das orquídeas. A Barlia robertiana, conhecida por orquídea-grande ou orquídea-gigante, mede até 1 metro de altura, estatura muito superior, por exemplo, aos padronizados 15 a 20 centímetros do género Ophrys. Os insectos que seduz – abelhões das espécies Xylocopa violacea e Bombus hortorum – são, também eles, grandes. 

Orquídea-gigante (Barlia robertiana), Serra da Arrábida

Como é a primeira orquídea a florir em Portugal, é também das primeiras a murchar (esta que encontrei na Serra da Arrábida no início do mês já não estava grande forma), mas ainda se encontram exemplares engalanados até ao final de Março. 

Orquídea-gigante (Barlia robertiana), Serra da Arrábida

Habita em prados, clareiras de matos e bermas de estrada e prefere solos calcários.

Abelhões, Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

Related posts / Posts relacionados: