Raios de vida

Estes dias nublados em que o Sol espreita de quando em quando não são maus para observar répteis. Como precisam do calor exterior para regular a temperatura interna (animais ectotérmicos), parece que a ânsia de aproveitar cada raio de Sol torna-os mais tolerantes à presença humana.

Já aqui falei da lagartixa-do-mato (Psammodromus algirus), mas acrescento estas três imagens porque na 1ª quase que se consegue contar cada escama da cabeça, na 2ª nota-se a desproporção do tamanho da cauda face ao do corpo, e na 3ª vê-se um juvenil, com a cauda aparentemente translúcida.

Related posts / Posts relacionados: