Os pilares da ponte

Já viram a nova decoração das sapatas da Ponte 25 de Abril, em Lisboa? A Estradas de Portugal inspirou-se nos recentes avistamentos de golfinhos no Tejo e incluiu pinturas de golfinhos, alfaiates, orcas, flamingos e maçaricos nos trabalhos de revestimento de proteção das sapatas (fotos em baixo).

A razão pela qual os golfinhos estão a entrar mais vezes no Tejo não é clara:

– “A poluição do Tejo tem melhorado muito, o que se constata pela observação de espécies sensíveis, como caranguejos, bivalves e alguns peixes. O estuário do rio poderá voltar a ter colónias de golfinhos nos próximos 30 anos”, disse Maria José Costa, do Instituto de Oceanografia, ao Diário de Notícias.

– “Com a construção de ETAR, como a de Alcântara, e a deslocação de indústrias pesadas na Margem Sul, a qualidade da água tem vindo a melhorar”, justificou  Nuno Sequeira, da Quercus, ao Expresso.

“É prematuro dizer que os golfinhos estão a regressar e que a sua presença se deve à melhoria da qualidade da água do estuário. Os golfinhos não são uma espécie indicadora da qualidade da água, já que acumulam a poluição na gordura corporal”, informou Miguel Couchinho, do Projecto Delfim, ao Público.

Seja qual for a razão, a redução da poluição do rio e o regresso de espécies sensíveis são boas notícias. E as pinturas são engraçadas!

 

Related posts / Posts relacionados: